A Fábrica de Nada


DIREÇÃO: Pedro Pinho
Portugal, 2017, 117MIN, DCP
CINEMA SÃO LUIZ · QUI · 09/11 · 16H00

D Pedro Pinho R Tiago Hespanha, Luisa Homem, Leonor Noivo, Pedro Pinho P Tiago Hespanha, Luisa Homem, João Matos, Susana Nobre, Leonor Noivo, Pedro Pinho DF Vasco Viana DA Luisa Homem M José Edgar Feldman, Luisa Homem, Cláudia Rita Oliveira S João Gazua E José Smith Vargas, Carla Galvão, Njamy Sebastião, Joaquim Bichana Martins, Danièle Incalcaterra, Hermínio Amaro, João Santos Lopes, Paulo Vitorino

Sinopse: A fábrica onde uma massa de trabalhadores costumava trabalhar está, de repente, esvaziada. Uma demissão numerosa está prestes a acontecer. Em protesto, o grupo resolve ocupar o espaço. O primeiro longa-metragem de Pedro Pinho, que saiu da Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes com o Prêmio da Crítica, é um ambicioso devaneio coletivo sobre uma fábrica que vira lugar nenhum e os sonhos dos remanescentes. Do ensaio ao musical, do filme político ao gosto pelo delírio, da crônica à fábula, esse é um filme para tempos de reforma trabalhista, sobre o colapso do trabalho e da vida em coletividade.

QUINZENA DOS REALIZADORES - CANNES (PRÊMIO DA CRÍTICA)